quarta-feira, 22 de julho de 2009

Educação é vida

A escola tem como papel fundamental a conscientização do homem para o exercício da cidadania e qualificação profissional. Quando se fala em educação, fala-se em vida. E vida a qual nos referimos não é o simples fato de se mover, vida é sermos valorizados como homem e como pessoa, no respeito aos nossos sentimentos, direitos civis e jurídicos para preservação de nossa dignidade. Educar não se resume apenas num processo profissional como outro qualquer com suas impassividades; mas deve trilhar caminhos que de certa forma, leve o educando a pensar e impulsioná-lo ao interminável desejo de reconstruir seus próprios conceitos, se assim necessário, para o restabelecimento de sua liberdade como via segura para auto- afirmação social, fazendo a sua própria história e decidindo sobre o seu futuro. Este é o nível desejado para a educação. Preparar o aluno para a vida; essa sim é uma educação que enfrenta o desafio de mostrar o mundo como ele realmente é.O professor competente sabe o quanto é importante o aflorar de novas idéias pedagógicas em prol da valorização humana. É preciso entender o mundo e suas transformações para que possamos ser verdadeiros educadores. De nada valerá métodos e mais métodos se ficarmos alheios a tudo que se passa lá fora e nos limitarmos apenas às formalidades das instituições educadoras.